24.1.17

Breve história

24.1.17
Créditos: Pixabay



O quadro de nós
desbotou-se sob o sol
ressecou-se
e
caiu
em relva cobrindo os caminhos
confundindo as sendas
desviando os olhares

O quadro de nós
é apenas um nódulo
no meu pensamento.

Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Lindo e profundo.Saudades de ler as suas.bjs

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto, super sutil e profundo ao mesmo tempo.
    Amei!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Adoro esse tipo de história. Ela remente sentimentos em poucas palavras, às vezes só precisamos disso para o nosso dia, porque conseguimos entender sem precisar ler aqueles textões.

    ResponderExcluir
  4. Que obra de arte linda com simples texto mais bem profundo. Adorei . beijos

    ResponderExcluir
  5. Só consigo pensar em duas palavras para descrever esse poema: simples e profundo ❤

    www.verifiqueapagina.com.br

    ResponderExcluir
  6. Que lindo!
    Você escreve bem demais menina!! <3
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Gostei bastante! Amei ♡

    BEIJOS,
    www.blogbelacombatom.com

    ResponderExcluir
  8. Quanto sentimento e que profundo essa escrita! Amei, tem que ter um dom pra escrever poema e você tem, sério <3

    Beijos,

    www.rodoviadezenove.com.br

    ResponderExcluir
  9. Todo lindo esse poema, continue sempre <33




    www.labiosconfusos.com.br

    ResponderExcluir
  10. Uau! Que lindooo, bem profundo, adorei <3
    Beijão!

    ResponderExcluir
  11. Nhaaa que lindo! Adorei esse poema e vou conferir mais algunsobre. Também adorei a ilustra do início 💗
    dezoitoemponto.com

    ResponderExcluir
  12. "O quadro de nós é apenas um nódulo no meu pensamento". Que profundo! Um poema tão pequeno que esconde todo um mundo extenso pelas entrelinhas. Lendo, calma e lentamente, percebe-se tudo o que há por trás do poema, da autora e de seus pensamentos. Muito lindo!

    Conheci seu blog lá do Grupo Café com Blog. Seguindo aqui :)

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir

Nenhuma imagem presente neste blog me pertence. Todas foram encontradas na internet por meio de pesquisa no google.com e não viso qualquer fim comercial com seus respectivos usos. Se usei uma imagem sua e não lhe dei os devidos créditos, por favor me avise que o farei imediatamente, ou a retirarei do blog se você não quiser que eu a use. Visão Periférica - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©