20.6.16

Não estou de acordo com aquilo que dizeis, Voltaire

20.6.16





Bem verdade, considero essa "coluna" do meu blog, denominada Verdadeiro Autor, porque achei que "Apócrifos" não era uma palavra muito chamativa, apesar de ser ótima, é um dos maiores serviços prestados à internet. Pode parecer meio ridículo, e até é mesmo na maioria das vezes, eu achar que estou fazendo grandes coisas com isso, mas pra mim é bem insuportável mesmo ver gente citando as coisas erradas por aqui e ali. Não que essas citações significam muito descontextualizadas no final das contas, porém, muitas vezes, acaba sendo um desrespeito com o estilo do autor que não a escreveu.

Enfim, a bola da vez está na imagem que encabeça este post, da citação de Voltaire e que não é de Voltaire, mas que até o Chomsky acreditou que era, ou seja, pra gente ver como essas coisas se propagam...

Soube disso bastante tempo atrás, lendo um "Especial do Milênio" da Época (denunciando as velhices total aqui xD) e confesso que fiquei bem surpresa, porque, afinal de contas, foi uma das frases que mais inflei o peito pra dizer e tinha bastante orgulho de falar que era do filósofo em questão (desculpa aí, sério...).

Porém, a autora da frase, de fato, segundo o blog Revista Filosofia, é de uma biógrafa de Voltaire, chamada Evelyn Hall. A esse respeito, diz o autor do artigo:

Talvez por uma questão de estilo, Evelyn Hall colocou a frase entre aspas e a construiu em primeira pessoa, o que acabou gerando a confusão e a falsa atribuição. Mas, de fato, a intenção da escritora era resumir o posicionamento que Voltaire teria adotado com relação ao banimento de um livro de Claude-Adrien Helvétius (1715-1771), outro filósofo francês com quem ele teve certo desacordo. Em 1758, Helvétius publicou o livro De l'espirit, o qual foi condenado pela Sorbonne, pelo Parlamento de Paris e até pelo Papa, chegando a ser queimado. Apesar do desacordo explícito com relação ao pensamento de Helvétius, Voltaire não acreditava que o banimento daquele livro fosse um ato correto. Foi a atitude de Voltaire frente a esta situação que Evelyn Hall tentou resumir com sua frase, inadvertidamente escrita entre aspas e em primeira pessoa. (Disponível em: http://filosofia.uol.com.br/filosofia/ideologia-sabedoria/44/a-falsa-citacao-de-voltaire-investigacao-afirma-que-a-300467-1.asp).

Verdade seja dita, essa foi bem difícil, né?

Não deixem de acessar o site da revista e ler a história completa, ok?

Vocês conheciam essa frase? Sabiam que não era do Voltaire? Conta aí =D



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nenhuma imagem presente neste blog me pertence. Todas foram encontradas na internet por meio de pesquisa no google.com e não viso qualquer fim comercial com seus respectivos usos. Se usei uma imagem sua e não lhe dei os devidos créditos, por favor me avise que o farei imediatamente, ou a retirarei do blog se você não quiser que eu a use. Visão Periférica - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©