21.9.15

Keep calm...

21.9.15


Engraçado que ano passado, nessa mesma data, comecei a escrever um post sobre fazer 30 anos. Já passou um ano, não terminei de escrevê-lo, e acho que isso define bem a questão toda...

Desde os meus 20 anos que o tempo se deitou numa espécie de vale, de planície. Sim, porque antes o tempo parecia uma montanha, a gente escalava um pouco, tinha uma melhor perspectiva de algo que não sabia, aprendia algo de útil para seguir a escalada e continuava a escalar. 

Agora, não é que eu tenha chegado ao topo da montanha, nada disso, mas cheguei numa parte que a coisa toda se estendeu e meio que deu vontade de ficar por aqui mesmo. Há outras maneiras de aprender. Sei lá. É necessário ver também os pedaços que foram largados pelo caminho... Houve sempre muitos pedaços. Agora a gente fica mais cuidadoso. 

Dos 20 até hoje, sou basicamente a mesma pessoa, mas com menos ilusões. Isso é ao mesmo tempo a melhor e a pior coisa. Não sei se sobra muito pra um ser humano depois disso. Você vai se adaptando aqui e ali, pela primeira vez na história considera que arrumou seu lugar, mas ele é um cubículo irregular e estranho. Mas ele é seu. Mas é um polígono mal desenhado, com as arestas mais doidas. Foda-se, é seu e pronto. Estica-se da maneira como der, faz aquelas poses sem noção, porque enquanto você estiver ali ninguém vai pegá-lo.

Mais ou menos isso. 


Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Feliz aniversário! Eu to procurando o meu polígono mal desenhado, por enquanto não me encaixei bem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, sá linda!
      Obrigada pela leitura!
      E daqui a poco vc vai ver seu polígono doidão aí, espera só mais um pouco. Depois me conta a experiência <3

      Excluir

Nenhuma imagem presente neste blog me pertence. Todas foram encontradas na internet por meio de pesquisa no google.com e não viso qualquer fim comercial com seus respectivos usos. Se usei uma imagem sua e não lhe dei os devidos créditos, por favor me avise que o farei imediatamente, ou a retirarei do blog se você não quiser que eu a use. Visão Periférica - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©