22.2.15

Saga The Dark Tales

22.2.15


Não sou uma gamer assídua, por assim dizer, daquelas que sabe de todas as novidades e está por dentro das últimas tendências, mas existe um tipo de game no qual sou totalmente viciada e jogo um atrás do outro: os que se enquadram na categoria "objetos ocultos". Aqui geralmente há um mistério, do qual participamos como detetive, e nosso papel é descobrir várias pistas que servirão para avançarmos na história, até o seu final.

Uma das coisas que mais me encantam nessa categoria de games com certeza é o fato de que muitas
histórias buscam na literatura sua fonte de inspiração. Como essa saga de que vou falar a respeito, baseada nas histórias de Edgar Allan Poe.

Não sei se muitas pessoas sabem disso, mas é Poe, na verdade, o precursor do "gênero detetivesco" na literatura moderna. Auguste Dupin, a personagem detetive de Poe, existe antes de Sherlock Holmes e usa do raciocínio lógico e dedutivo para desvendar os crimes. Dupin aparece nos contos Assassinatos na Rua Morgue, A Carta Roubada e O Mistério de Marie Roget. O detetive é excêntrico, escreve poemas e fuma um cachimbo (isso vai lembrar alguém, verdade?). As três histórias mencionadas também são narradas por um assistente de Dupin cuja identidade nunca foi revelada (e isso, de certo modo, também lembrará alguém xD).

Na saga de jogos da Bigfish Games, intitulada The Dark Tales of Edgar Allan Poe, o assistente de Dupin é a gente mesmo. E é a gente que vai acompanhá-lo por vários lugares a fim de desvendar vários mistérios (alguns, inclusive, de cunho sobrenatural, meio assustadores hahaha). A Saga até o momento envolve 7 jogos, a saber:


1. O gato preto



Resumo (feito pela bigfish games): Monsieur Mark Davies reportou que sua esposa, Sara, está desaparecida há duas semanas! Só depende de você salvá-la! Siga o gato preto, ele o ajudará a encontrar a vítima e descobrir pistas para resolver este caso em Dark Tales: O Gato Preto, de Edgar Allan Poe. 

2. Os assassinatos da Rua Morgue



Resumo (feito pela bigfish games): Um sequestro e um assassinato cruel ocorreram na Rua Morgue [...]. Siga as pistas para encontrar o assassino e a família sequestrada. Torne-se um aprendiz de um famoso detetive, Auguste Dupin, e resolva enigmas complexos para encontrar as pistas ocultas que levarão você diretamente até esse[...] assassino.

3. O enterro prematuro



Resumo (feito pela bigfish games): Julien está desesperado para descobrir o motivo da morte repentina de Victorine, por isso contratou o famoso detetive Dupin e você para ajudá-lo na investigação. Procure por evidências e objetos escondidos para descobrir o verdadeiro motivo pelo qual Victorine foi enterrada às pressas.

4. O escaravelho de ouro



Resumo (feito pela bigfish games): Um conto clássico de Edgar Allan Poe ganha nova vida neste quarto jogo da série [...] Dark Tales [...]. Você e seu companheiro, detetive Dupin, foram convocados para ajudar William LeGrand a descobrir a localização exata de um tesouro perdido há centenas de anos. Mas LeGrand não é o único determinado a encontrar o tesouro do pirata... Um vilão mascarado tenta fugir com o código, e uma mulher misteriosa com um véu parece estar ligada ao caso. Siga as pistas - com a ajuda das habilidades farejadoras superiores de seu mascote Newfoundland - para rastrear o tesouro e frustrar os planos do criminoso!

5. A máscara da morte rubra



Resumo (feito pela bigfish games): A justiça está em suas mãos em Dark Tales: A Máscara da Morte Rubra de Edgar Allan Poe. Um assassino mascarado está à solta em uma cidadezinha francesa e o prefeito precisa da sua ajuda para detê-lo. Porém, durante a sua investigação, você se dá conta de que a população vê o mascarado como um herói que luta pelos fracos e oprimidos. Quem é o verdadeiro vilão? O prefeito ou o homem mascarado? Você decide...


6. A queda da casa de Usher



Resumo (traduzido a partir do espanhol, neste blog): Você e seu companheiro, o detetive Dupin, aceitaram um caso estranho na antiga casa dos Usher - devem encontrar a irmã gêmea de Roderick, que desapareceu sem deixar rastro. Ao se aprofundar no mistério, a conexão entre a doença dos gêmeos e a antiga fazenda parecerá mais entrelaçada. Por que gente do povoado está desaparecendo? Que segredo está guardado na biblioteca proibida? Você e Dupin poderão encontrar as respostas antes que haja mais vítimas inocentes?

7. O mistério de Marie Roget




Resumo (traduzido a partir do espanhol, neste blog): Os casos sobrenaturais nunca são fáceis de resolver... E em Dark Tales: O mistério de Marie Roget você e Dupin enfrentarão o caso mais difícil da vida de vocês, em que o suspeito sequer pode ser visto [...]. Desta vez, você ajudará o detetive Dupin a resolver o caso de Marie Roget. Seu marido Jacque contratou-os para averiguar o que está acontecendo com Marie. Ela sempre está deprimida, seu comportamento mudou. E algo estranho está sucedendo na casa - os vidros trincam, a escada range como se alguém invisível estivesse subindo. Com Dupin como seu guia, com a ajuda de um espelho mágico e seu próprio engenho, descubra a verdade nesta aventura... 

(Eu ainda não joguei o nº 7, vou fazê-lo o mais brevemente possível).


É de suma importância pensar que cada jogo é uma releitura do conto em questão, e a fidelidade com as histórias nas quais se baseia nem sempre é mantida, apesar de haver um grande intento nesse aspecto. Por isso aconselho sempre a leitura prévia dos contos. E não digo isso como uma tarefa obrigatória, até porque ler Poe nunca é uma obrigação. Seus contos são breves, fáceis de ler e nos prende de uma maneira que é impossível largar a leitura no meio. Ele mesmo afirmava que um conto era para se ler de uma vez; se a leitura fosse interrompida, a emoção se perdia. 

Os jogos não precisam ser jogados na ordem, mas é divertido fazê-lo, porque a gente percebe a evolução dos gráficos e as melhorias feitas de história para história.

Outra utilidade para os jogos em questão, é para nós, professores de língua e literatura. Usei tanto O gato preto como A queda da casa de Usher para dar aulas e os meninos ficaram loucos! Vale muito a pena até mesmo para tratar questões como intertextualidade e releitura. 

Esses jogos são, em sua natureza, pagos, mas é possível encontrá-los em infinitos sites na web grátis. Baixo todos os meus jogos preferidos aqui.

Super recomendo mesmo! 

Agora esperarei um jogo baseado em Ligeia, que é um dos meus contos preferidos do Poe <3

Um agradecimento especial ao blog Magnolia Juegos, o único em que havia a lista da Saga na ordem correta (dentre os blogs que pesquisei).

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Oi Salieri! Muito obrigado pela sua participação no Reverso do Mundo. É, realmente, pra mim, que gosto e tenho curiosidade pelas coisas, histórias e pessoas, é um barato poder ir a lugares próximos, sem ter que pegar aviões ou passar dias na estrada. Eu gosto de recolher histórias, sabe? O Reverso não é um site turístico, eu me atreveria a dizer que é quase etnológico, rrsrs! Pois eu sempre procuro dar um recorte sob o ponto de vista da gente dos locais pra onde vou.
    Mais uma vez obrigado e se um dia puder, venha mesmo por esses lados de cá.
    Abração!

    ResponderExcluir
  2. Eu adorei a ideia do jogo,o Poe é um gênio e os contos dele são incríveis,além de tudo,o jogo também incentiva a ler,porque fica mais fácil de você souber a história.Adorei mesmo :D
    Beijos ^.^
    www.littlewonderscrm.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei!!! Não sabia que existia esse tipo de jogo!
    =*

    ResponderExcluir

Nenhuma imagem presente neste blog me pertence. Todas foram encontradas na internet por meio de pesquisa no google.com e não viso qualquer fim comercial com seus respectivos usos. Se usei uma imagem sua e não lhe dei os devidos créditos, por favor me avise que o farei imediatamente, ou a retirarei do blog se você não quiser que eu a use. Visão Periférica - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©