18.1.15

[Rotaroots] 5 filmes para assistir nas férias

18.1.15


O Rotaroots, um grupo muito legal de interação de blogs no facebook, propôs como blogagem coletiva do mês de janeiro que fizéssemos uma lista de 5 filmes bons para assistirmos nas férias. Apesar de as férias de muitos estarem acabando, ainda dá tempo de usar essa listinha como inspiração para passar o tempo e, de quebra, ter a oportunidade de pensar sobre algumas questões. Vou tentar ser bem sucinta a respeito de cada indicação, porque se eu me empolgar esse post vira uma bíblia. Vamos à lista:

1. O Closet, 2000


Sinopse: François Pignon (Daniel Auteuil) é um homem que está divorciado há 2 anos, mas permanece apaixonado pela ex-mulher, que não quer mais falar com ele por considerá-lo chato. Seu filho também se mantém afastado por vontade própria e, para completar, Pignon está prestes a ser demitido. Deprimido com a vida, Pignon conhece seu novo vizinho, Belone (Michael Aumont), a quem conta sua atual situação. É quando Belone lhe propõe uma solução inusitada para salvar o emprego de Pignon: enviar ao seu chefe uma fotomontagem onde Pignon aparece com outros homens, o que faria assumir sua homossexualidade. De acordo com o plano de Belone, a empresa não demitirá mais Pignon por medo de que isto provoque o protesto da ala homossexual da sociedade, a quem os produtos da empresa também são voltados. Inicialmente relutante, já que não é homossexual, Pignon acaba aceitando o plano e vê sua vida modificar totalmente após as fotos se tornarem públicas. Fonte: adorocinema.com.br

Por que a indicação?

O Closet é um filme leve, criativo, pode ser assistido por toda a família (nem toda a família, porque tem uma ceninha picante haha) e trata da homossexualidade de uma maneira muito bonita. É uma história que diverte, mas também que emociona e deixa a gente muito pensativo a respeito de como nosso olhar a respeito das coisas muda até o que não muda. Vale a pena.

Ainda não convenci?


Veja o trailer:





2. Muito além do jardim, 1979




Sinopse: Chance (Peter Sellers), um homem ingênuo, passa toda a sua vida cuidando de um jardim e vendo televisão, seu único contato com o mundo. Ele nunca entrou em um carro, não sabe ler ou escrever, não tem carteira de identidade, resumindo: não existe oficialmente. Quando seu patrão morre, é obrigado a deixar a casa em que sempre viveu e, acidentalmente, é atropelado pelo automóvel de Benjamin Rand (Melvyn Douglas), um grande magnata que se torna seu amigo e chega a apresentá-lo ao Presidente (Jack Warden). Curiosamente, tudo dito por Chance ou até mesmo o seu silêncio é considerado genial. Paralelamente a saúde de Benjamin está crítica e Eve Rand (Shirley MacLaine), sua esposa, se apaixona por Chance. Fonte: adorocinema.com.br


Por que a indicação? 

Muito além do jardim também é um filme tranquilo, familiar e possui uma história muito original. Fala muito a respeito do que a gente quer entender a partir do que as pessoas dizem, ou seja, entre o que as pessoas dizem e o que escutamos há um abismo imenso, e da nossa relação com o mundo, no sentido de que não precisamos ter tudo para sermos felizes e que a paz de espírito é muito mais um estado interior do que depende do nosso entorno.


Não convenci? 

Veja o trailer:





3. Melhor é impossível, 1997






Sinopse: Em Nova York um escritor grosseiro e sarcástico (Jack Nicholson) tem como alvos principais um artista gay (Greg Kinnear), seu vizinho, e uma garçonete (Helen Hunt) que o atende diariamente e se desdobra para cuidar do filho que tem asma crônica. O destino vai fazer com que eles fiquem muito mais próximos do que poderiam imaginar. Fonte: adorocinema.com.br





Por que a indicação?
Além de ter Jack Nicholson no elenco, junto de uma das atrizes que mais amo, Helen Hunt; ter também Greg Kinnear e Cuba Gooding Jr; além de o filme ter dado o Oscar de melhor ator a Nicholson e de melhor atriz a Helen; trata-se de uma comédia meio dramática super envolvente que vai colocar o dedo na ferida do nosso cotidiano. Fala de gente simples, de um modo simples e muito tocante.

Ainda não convenci?

Acho impossível, mas, veja o trailer:






4. O exótico hotel Marigold, 2011




Sinopse: Os aposentados Muriel (Maggie Smith), Douglas (Bill Nighy), Evelyn (Judi Dench), Graham (Tom Wilkinson) e mais três amigos decidem curtir a aposentadoria em lugar diferente e o destino é a Índia. Encantados com o exotismo do local e com imagens do recém restaurado Hotel Marigold, a trupe parte para lá sem pestanejar e são recebidos pelo jovem sonhador Sonny (Dev Patel). O único detalhe é que nada era muito bem como parecia ser, mas as experiências que eles irão viver mudarão para sempre o futuro de todos. Fonte: adorocinema.com.br




Por que a indicação?

Esse filme fala muito de viver a velhice, no sentido de que não é só porque a gente está velho que a gente está incapaz para viver novas experiências, novas amizades, novos relacionamentos e, principalmente, adquirir novos ensinamentos. É um filme tanto para gente mais idosa fazer um balanço do seu próprio modo de vida, como pra gente mais nova ver como está tratando os idosos ao redor de si. É um filme de histórias emocionantes que nos leva do riso às lágrimas sem ser forçado ou idiota. Vale dizer que O exótico hotel Marigold foi um sucesso de bilheteria e que eles vão lançar a sequência nesse ano de 2015.

Ainda não convenci?


Veja o trailer:




5. Quando me apaixono, 2005



Sinopse: April (Helen Hunt) é casada com Ben Green (Matthew Broderick) e, prestes a chegar aos 40 anos, deseja desesperadamente ter um filho. Só que suas tentativas não dão efeito e, para piorar, seu marido deseja se separar. Logo em seguida, sua mãe adotiva falece e ela é procurada por Bernice Graves (Bette Midler), uma apresentadora de TV que diz ser sua mãe biológica. Perdida em meio a tantas reviravoltas, April conhece Frank (Colin Firth), o pai de um de seus alunos, que também vive um momento conturbado devido a uma recente separação. Fonte: adorocinema.com.br





Por que a indicação?
Pra mim bastaria falar Colin Firth, meu marido haha. Mas continuo dizendo que esse filme é a comédia romântica que mais amo na face da Terra (ainda que não acho que pode ser chamada de comédia, nem de romântica xD, uma amiga disse que sou sádica pra dar esses nomes a esses filmes xD). Colin é meu ator preferido ever, Helen Hunt é uma das minhas preferidas (empatada no primeiro lugar com a diva da Emma Thompson) e vale ressaltar que ela assina a direção desse filme cheio de gente louca e com uma história cheia de reviravoltas. Melhor que os atores são só as personagens a quem eles dão vida. O papel do Colin é simplesmente o melhor papel masculino de filmes do teor que eu tenho conhecimento a respeito. E o meu personagem preferido de todos os filmes ever. Enfim, é obrigatório ver esse filme que fala de frustrações, planos B e decisões burras que a gente toma em certas alturas da vida. 

Ainda não convenci?

Nossa, sério? Então veja o trailer:




Se alguém animar de ver, comenta aqui! Mesmo que for pra falar mal, eu gosto de opiniões!

Comente com o Facebook:

11 comentários:

  1. Adorei as indicações!
    Amo :melhor impossível"!
    e vou assistir "quando me apaixono"
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláaaaaa =3
      Adoro demais quando eu falo de algo que eu amo e mais gente também ama, ainda mais porque eu sou sempre aquela do contra que nunca gosta de nada hahahaha.
      Veja, sim, e não se esqueça de me contaar =3
      BJoo!

      Excluir
  2. Adorei as indicações! Vou colocá-las na minha lista de filmes pra assistir esse ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Webaaa, mim adora ser útil haha =3
      Quando ver os filmes, me conta, pleaseee, nem que seja pra falar mal, serião <3
      Bjooo!

      Excluir
  3. "Para mim bastaria falar Colin Firth" pra mim tbm Kkk.
    Desses eu vi o terceiro e o quinto, amo o Jack Nicholson naquele filme e fiquei mto curiosa pra ver muito alem do jardim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olááá´=3

      E num é? Eu já vi tudo dele que existe e está na internet hahahaha, amo demais <3
      Uma hora vou fazer um post especial só com os filmes dele, tem cada coisa boaa!
      E agora que ele tá badalado, ganhador do Oscar, agora que tá fazendo filme bom mesmo <3

      Muito além do jardim é um filme com um ritmo de narrativa bem diferente daquele com o qual estamos acostumados, mas a mensagem é linda, vale muito a pena =3.

      Se vir, me contaa *-*

      Bjooo!

      Excluir
  4. Quantas coisas bacanas encontramos por aqui hein!!! Adorei as dicas Lady! fiquei muito curiosa pelos filmes! já anoite aqui para assistir!
    Também participo do Rotaroots e do blogs que interagem. =D

    Muito obrigada por sua visita ao meu blog, estou adorando conhecer o teu!
    Um grande abraço!

    www.pensamentosvalemouro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olááá, Vanessa, sua lienda =3
      Sim, sim, vejo altas postagens suas lá. Bem-vinda ao meu bloguenho, espero que curta =3
      Se vir algum dos filmes, não esquece de me contar depois =3

      BJoooO!

      Excluir
  5. Eu simplesmente AMO Quando me apaixono. Tinha até esquecido desse filme... Vou rever! Tomara que tenha no Netflix! ;)

    www.daniantunes.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláááá =3

      Esse filme é perfect, né? Já perdi as contas de quantas vezes eu vi. E o personagem do COlin nesse filme pra mim é a coisa mais perfeita de que alguém pode ter conhecimento a respeitooo. Essas coisas acabam com a minha vida, porque faz a gente colocar as expectativas lá no céu hahahahaha.

      Bjo, minha querida, obrigada pela visitenha <3

      Excluir
  6. O Closet é muuuuito engraçado. Adorei quando assisti. E Quando me Apaixono é tão fofinho <3 Adoro Helen Hunt, e a Bett Middlet tá demais no filme, como aquela mãe malucona. Colin Firth, forever Mr. Darcy <3 maaaas quanto as outras dicas, vou dar uma verificada hein, me interessei. Beijoca!

    ResponderExcluir

Nenhuma imagem presente neste blog me pertence. Todas foram encontradas na internet por meio de pesquisa no google.com e não viso qualquer fim comercial com seus respectivos usos. Se usei uma imagem sua e não lhe dei os devidos créditos, por favor me avise que o farei imediatamente, ou a retirarei do blog se você não quiser que eu a use. Visão Periférica - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©