27.11.14

7 fanfics de "Alice no país das maravilhas" de que você pode gostar

27.11.14




Estive trabalhando com meus aluninhos do 6o ano sobre compor uma releitura de Alice no país das maravilhas e, obviamente, tinha de oferecer-lhes as ferramentas para fazê-lo. Além de ter passado o filme do Tim Burton, e também alguns trechos de Once Upon a Time in Wonderland, tendo em conta que a matéria se chama "literatura" xD, nada mais digno que eu levasse algo para eles lerem, e nada, na minha opinião, pode ser mais associado à ideia de releitura que as fanfics.

Procurando no Nyah! Fanfiction, para minha agradável surpresa, terminei encontrando histórias muito interessantes e bem escritas que poderão agradar aqueles que curtem essa história.  

No entanto, antes de apresentar minha lista, devo dizer que esse filtro foi algo exigente, pois apenas pesquisei histórias concluídas e de classificação livre até +13. Dessa maneira, penso que haja muitas outras histórias interessantes sobre o fandom que eu não listei aqui. Então não se trata de uma lista das melhores fics, mas apenas daquelas que me pareceram interessantes dentro da minha pesquisa.

Também devo dizer que não separei a lista por ordem de nada senão aquela em que encontrei as histórias.

Para ler os textos, você pode clicar sobre o título:


Alice e o Corvo escrita por HoshiSama




Sinopse: Qual a semelhança entre o corvo e a escrivaninha?
Qual a semelhança entre Alice e o Chapeleiro?


Comentário: É um recorte muito interessante de uma situação contada no filme, aquela em que o chapeleiro maluco pergunta à moça qual a diferença entre um corvo e uma escrivaninha. O que é interessante nessa história é que a comparação surrealista extrapola, de certo modo, esse tom entre a lucidez e a loucura e vai recair sobre as duas personagens em questão: qual a semelhança entre o chapeleiro e a Alice? E essa conversa, seguindo bem a caracterização de ambas as personagens, se desenrola de uma maneira muito inteligente e divertida.

Vale a pena conferir.



Funesto escrita por beetlejuice

                           

Sinopse: Podes vê-lo? O sangue, tu vês? Talvez não mais sejamos tão loucos quanto outrora.

Comentário: Tenho que dizer que fugi à classificação "livre e +13, para dar um espaço a essa +16". Seguramente, essa é a fanfic mais intrigante dentre todas que li. É sonoramente rica, com uma bela cadência e as palavras são muito bem colocadas. Trata-se de uma carta do chapeleiro maluco ao Cheshire. Junto com a carta vem algo mais, porém não vou estragar a surpresa, por mais macabra que seja.


Drink Me escrita por Yuna Aikawa


                          Drink Me

Sinopse: "Comece pelo começo, siga até chegar ao fim e então, pare".

Comentário: Essa fanfic eu li há bastante tempo, e há bastante tempo sou apaixonada por ela. É uma versão centrada em um aspecto: "beba-me". Por meio das doses ingeridas de diferentes bebidas, Alice vai fazendo suas escolhas e determinando sua trajetória. A autora captou a essência da história original e soube fazer uma tranposição muito boa para o nosso contexto, uma leitura diferente e crítica a respeito do mundo em que vivemos. A história não só diverte, mas alerta. E mais que alerta, comove.



Hora do Chá escrita por Nightnyu


                                              Hora do Chá



Sinopse: "Doce, por favor."
Pediu polidamente para si mesmo.
Girou a colher assim como os olhos pelo tempo que o relógio parado não acompanhou.
Um sorriso amarelo nos lábios secos dizia tudo para o nada.
Mas ainda assim, a borda da xícara beijou-os com ternura.

Comentário: Esse foi um intento de poesia em prosa, ou de prosa poética, não sei muito bem a intenção da autora ao formatá-lo como o formatou, no entanto a história é muito interessante, pois é narrada pelo chapeleiro maluco e houve aí um esforço de senti-lo, entrar em sua cabeça, por mais que a viagem pudesse parecer difícil. 

Com o que é narrado aqui, estamos longe de entender o que se passa na cabeça da personagem, mas parece que se lhe aproximamos um pouquinho mais e a sensação é boa.


Alice Is Not In Wonderland escrita por HannahHell


                         

Sinopse: Lá estava ele, dando mais um chá da tarde, remoendo-se com as lembranças Dela.

Comentário: É uma história bem delicadinha sobre a melancolia do chapeleiro maluco em não ter sua companheira Alice por perto. A narrativa é simples e bem rapidinha, e achei o tom da história bem legal.



Estarei sempre aqui escrita por theangelany


                                          Estarei sempre aqui

Sinopse: Ele estava ali parado em meio a uma rua movimentada, mas as pessoas normais não o viam. Elas só veem o que querem ver...

Comentário: Essa aqui narra um recorte sob a ótica do coelho branco. Achei também de uma delicadeza ímpar. Fala das inúmeras coisas que estão por aí e que na pressa da vida somos incapazes de ver; inclusive, quem sabe, um coelho branco em busca de certo olhar curioso e aventureiro... 


Dear Alice, escrita por hey there delilah


                         

Sinopse: "Alice, das melenas douradas e dos olhos de safira. Alice, do vestido macio e azul-celeste, das mãos delicadas e pálidas. Onde está, minha querida Alice, onde está você? No teu mundinho de fantasias?"

Comentários: Trata-se de uma espécie de exortação à nossa querida Alice, conscientizando-a sobre os perigos da fase adulta e do mundo real. Bastante linda a narrativa, tem um ritmo bem leve, mesmo narrando possibilidades tão pesadas. Chega a ser um pouco crua às vezes, o que torna tudo mais interessante ainda. 





Espero que tenham gostado! Se vocês lerem alguma, seria legal deixar a opinião aqui. 


Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Estou aqui me perguntando por que eu não tive uma professora com você. Isso de atrelar filmes, literatura e leituras complementares (fanfic) é a melhor estimulo que você poderia dar aos seus alunos.
    Eu nunca tive problemas com isso, pois sempre li muito, mas eu fico imaginando que se a professora da minha irmã tivesse essa visão que você acabou de apresentar hoje ela seria uma pessoa que ama ler. Parabéns pelo seu trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que lindo! Obrigada pelas palavras, sério mesmo. A gente se esforça, porque nem sempre tem as motivações necessárias, mas não é por isso que eu vou deixar de executar meu trabalho da melhor maneira. Acho que vale pra qualquer coisa na vida =D
      Um beijo, minha querida, mais uma vez obrigada =D

      Excluir

Nenhuma imagem presente neste blog me pertence. Todas foram encontradas na internet por meio de pesquisa no google.com e não viso qualquer fim comercial com seus respectivos usos. Se usei uma imagem sua e não lhe dei os devidos créditos, por favor me avise que o farei imediatamente, ou a retirarei do blog se você não quiser que eu a use. Visão Periférica - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©